• Categoria: romantico
  • Já é inverno

    06 agosto 2018

                                                                                                                (foto: pinterest)

    É ele. 

    É ele, sempre foi ele.
    Nós nunca fomos estranhos, já nos conhecíamos, por isso fluía tão naturalmente aquele “primeiro” encontro.           


    É ele que me faz ficar com a cabeça longe, até alguém bater na porta do meu apartamento entregando a chave que deixei do lado de fora da porta quando entrei em casa. É esse cara que me faz mudar de ideia sobre o tão sonhado matrimônio, (algo que eu jamais pensaria na possibilidade se não fosse ele), fazendo com que todo aquele futuro louco e cheio de aventuras não chegasse nem perto da vontade que tenho de passar uma vida inteira ao seu lado.   
     
    Sim, é ele que me faz acreditar que um dia ainda vamos ter uma casinha nas colinas com uma vista linda e instrumentos na varanda. Que me faz quebrar todas as regras, confessar para todas as amigas, o que se passa aqui dentro, quando nossos corações já se pertenciam mesmo antes de contatos físicos e linguagem corporal. Então foi fácil se reconhecer por esse mundão em meio a toda essa amnésia cotidiana. É ele sim. Faz-me pensar que nada fará tanto sentindo, como fez naquele dia, naquele inicio de verão. É ele que vem na minha cabeça antes de dormir me fazendo acreditar que também estou nos seus pensamentos, sendo eu a moça que hora ou outra talvez apareça nos seus sonhos.

    É esse cara que está nos meus sonhos noturnos, nas minhas poesias mais bonitas, nos meus pensamentos diários.           
    Que me faz quebrar todo o bloqueio criativo e me inspira a escrever. Não há duvidas, reconhecer está sendo algo constante – as portas do meu coração estão escancaradas para esse amor. 
    Ele tem o abraço mais seguro, os beijos mais intensos e olhos de buraco negro (como ele mesmo costuma me dizer).
    A nossa cidade é cheia de exceções, ele me ensinou a quebrar as regras e percebi que juntos não precisamos delas.           

    Afinal não era uma corrida, era um reencontro.
     



    Com tecnologia do Blogger.
    © Entrando no assunto - 2017 | Todos os direitos reservados.
    Base de: Laís Portal | Personalizado por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
    imagem-logo