Você demorou demais

02 maio 2017

foto: pinterest

— Alô?
           
— Olá.  
                     
— Pensei que nunca iria me atender. O que houve? 
                    
— Você demorou demais. 

— Poxa Ana, não passou um dia que não pensei em você. Eu disse que precisava colocar as coisas no lugar primeiro.
        
— E eu te dei o seu tempo. Para ser honesta, talvez eu nunca te esqueça de verdade, porque nosso amor era especial...  
                
— Você é a pessoa mais incrível que eu já conheci e preciso de você.
               
— O que você está falando Arthur? Tínhamos tantos planos, eu confiava no nosso amor, quase compramos aquele apartamento juntos, mas ao longo do caminho você decidiu por nós, parou de acreditar no nosso futuro e escolheu a vida de solteiro e os benefícios que ela te trazia. 

— Mesmo que não acredite, eu também sinto por isso. Sinto por ter te deixado ir, e o que mais me dói é lembrar-me do seu rosto entrando naquele carro e indo embora com parte de mim.   

— Acorda, não pode tentar me trazer de volta agora. Você nem imagina, mas naquele dia alguns vizinhos até bateram na minha porta para perguntar se estava tudo bem.                   
— Eu nunca quis que você fosse embora.
               
— Você não me deixou escolha.   
             
— Eu odeio ter que imaginar você sozinha e perdida naquele quarto. Mas eu também não tive escolha, precisei te deixar ir. Ambos estávamos cansados e machucados. Não queria ter que acabar muito pior. Então, peço que não chore mais.

— Foi a última vez sabe garoto? Eu chorei, chorei para valer, sofri e vivi o luto naquela noite. Olhava pela a janela a cada cinco minutos, acreditando que você tentaria mudar o enredo, que você a qualquer momento interfonaria pedindo para subir. Mas tudo que eu ouvi naquele dia, foi o meu silencioso choro. 
        
— Eu sou um cara de sorte. Conheci o amor da minha vida. A mulher que me fez ser melhor, para mim mesmo e para o mundo. Por mais que você me odeie não posso deixa - lá ir. Não acho que poderei encontrar outro amor, tão grande ou tão intenso quanto o nosso.   

— Eu te esperei por dias, semanas e até alguns meses. Mas depois de um tempo resolvi que daria uma chance para o amor próprio, sinto lhe dizer mais estamos juntos agora.     

Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.
© Entrando no assunto - 2017 | Todos os direitos reservados.
Base de: Laís Portal | Personalizado por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo